Postado em 13 de Março de 2018 às 10h48

Vigilância Epidemiológica promove campanha contra Tuberculose em Barra Velha

Imprensa Prefeitura (84)

Tratamento é gratuito e pode ser feito na UBS mais próxima

Barra Velha Tratamento é gratuito e pode ser feito na UBS mais próxima Em comemoração ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose, celebrado no dia 24 de março, a Vigilância Epidemiológica de Barra Velha...

Em comemoração ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose, celebrado no dia 24 de março, a Vigilância Epidemiológica de Barra Velha promove campanha contra a doença no município. A equipe vai oferecer palestras para médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes de saúde, nos dias 24 de março e 2 de abril, na Câmara de Vereadores. O trabalho será realizado para repassar aos profissionais da saúde os dados atualizados da doença no município, assim, ações preventivas poderão ser realizadas.

Transmitida pelo ar por uma bactéria, a Tuberculose pode afetar em 90% dos casos o pulmão. Nas demais situações a doença também pode trazer problemas para outros órgãos e sistemas do corpo. Na forma pulmonar seus principais sintomas são: tosse por mais de três semanas, emagrecimento, febre, cansaço excessivo e suor noturno. Segundo Vinicius Machado Caniato, médico da Vigilância Epidemiológica, a Tuberculose tem cura, mas precisa ser tratada corretamente.

O município oferece tratamento de forma gratuita, nas unidades básicas de saúde. O paciente precisa ir ao posto de saúde de seu bairro para tomar a medicação diariamente. Em situações de doentes acamados ou muito debilitados a medicação será feita em domicílio, pelas agentes comunitárias de saúde. Todas as unidades estão capacitadas para o diagnóstico e tratamento da doença.

Os grupos que apresentam maior chance de adoecer são crianças menores de 10 anos, pessoas com mais de 60 anos, pacientes com doenças que comprometem a imunidade como diabetes, doenças reumáticas auto- imunes portadores do vírus HIV, privados de liberdade, moradores de rua, e população indígena.

A melhor forma de prevenção é manter portas e janelas bem abertas para facilitar a ventilação. Ao sinal de algum dos sintomas, o indicado é procurar o posto de saúde mais próximo para realizar os exames.

Imprensa PMBV
Pâmela Simas Fogaça
47 99210-2889 3446-7745
bvimprensa@gmail.com

Veja também

Vigilância Epidemiológica realiza campanhas de prevenção de doenças em Barra Velha22/02/18Ações contra tuberculose e hanseníase estão previstas para março e julho A Vigilância Epidemiológica de Barra Velha iniciou em janeiro deste ano as campanhas de prevenção de doenças no município. No Carnaval, a equipe ofereceu panfletos e preservativos, além de fornecer informações sobre doenças sexualmente transmissíveis e sobre a Dengue. Está prevista para o mês de abril a campanha de......
Procon de Barra Velha realiza pesquisa comparativa de preços de produtos alimentícios, produtos de limpeza e combustível11/01/18Estabelecimentos comerciais foram analisados e apresentaram diferenças no preço dos produtos A coordenaria Municipal de Proteção dos Direitos do Consumidor – PROCON Barra Velha, realizou na última terça-feira, 9, pesquisa comparativa de preços de produtos da cesta básica, produtos de limpeza,......

Voltar para (Novidades de Barra Velha)