Postado em 13 de Março às 10h48

Vigilância Epidemiológica promove campanha contra Tuberculose em Barra Velha

Imprensa Prefeitura (73)

Tratamento é gratuito e pode ser feito na UBS mais próxima

Barra Velha Tratamento é gratuito e pode ser feito na UBS mais próxima Em comemoração ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose, celebrado no dia 24 de março, a Vigilância Epidemiológica de Barra Velha...

Em comemoração ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose, celebrado no dia 24 de março, a Vigilância Epidemiológica de Barra Velha promove campanha contra a doença no município. A equipe vai oferecer palestras para médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes de saúde, nos dias 24 de março e 2 de abril, na Câmara de Vereadores. O trabalho será realizado para repassar aos profissionais da saúde os dados atualizados da doença no município, assim, ações preventivas poderão ser realizadas.

Transmitida pelo ar por uma bactéria, a Tuberculose pode afetar em 90% dos casos o pulmão. Nas demais situações a doença também pode trazer problemas para outros órgãos e sistemas do corpo. Na forma pulmonar seus principais sintomas são: tosse por mais de três semanas, emagrecimento, febre, cansaço excessivo e suor noturno. Segundo Vinicius Machado Caniato, médico da Vigilância Epidemiológica, a Tuberculose tem cura, mas precisa ser tratada corretamente.

O município oferece tratamento de forma gratuita, nas unidades básicas de saúde. O paciente precisa ir ao posto de saúde de seu bairro para tomar a medicação diariamente. Em situações de doentes acamados ou muito debilitados a medicação será feita em domicílio, pelas agentes comunitárias de saúde. Todas as unidades estão capacitadas para o diagnóstico e tratamento da doença.

Os grupos que apresentam maior chance de adoecer são crianças menores de 10 anos, pessoas com mais de 60 anos, pacientes com doenças que comprometem a imunidade como diabetes, doenças reumáticas auto- imunes portadores do vírus HIV, privados de liberdade, moradores de rua, e população indígena.

A melhor forma de prevenção é manter portas e janelas bem abertas para facilitar a ventilação. Ao sinal de algum dos sintomas, o indicado é procurar o posto de saúde mais próximo para realizar os exames.

Imprensa PMBV
Pâmela Simas Fogaça
47 99210-2889 3446-7745
bvimprensa@gmail.com

Veja também

11º Jogos Abertos da Terceira Idade06/03 Inscrições pelo fone (47) 996237787 ou na Secretaria de Esportes, anexa ao ginásio de esportes Alfredo José de Borba. Os jogos de mesa (domino, canastra e truco) acontecem nos dias 20 e 21 de março, na Associação Senhoras Solidárias, a partir das 14h....
Defesa Civil Municipal participa do Congresso Regional Sul da Associação Brasileira de Pesquisa Científica e de Seminário do CONADEN14/03Eventos são promovidos pela Defesa Civil de Santa Catarina A Defesa Civil de Barra Velha participou nesta segunda-feira, 12, em Palhoça, do Seminário Catarinense de Avaliação dos Alertas do Centro Nacional de Monitoramento de Alertas e Desastres Naturais (CONADEN) e do Congresso Regional......
Secretaria Municipal de Educação esclarece motivos da superlotação dos ônibus escolares e apresenta soluções22/02Controle por meio de carteirinha deve diminuir a quantidade de alunos no mesmo veículo A Prefeitura Municipal de Barra Velha, por meio da Secretaria Municipal de Educação, esclarece alguns pontos sobre a situação da superlotação do transporte escolar. Neste ano letivo de 2018, aumentou cerca de 25% o......

Voltar para (Novidades de Barra Velha)